BLOG DA PLATÃO ENERGIA

Domingo, 11 de Setembro de 2017

Energia nos estádios!

Você sabia que em muitos estádios do Brasil é utilizado a energia Fotovoltáica?

Mineirão
Em Minas Gerais, o Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, foi um dos primeiro a entrar em operação no Brasil como gerador de energia elétrica a partir de uma usina própria. A usina fotovoltaica instalada lá tem potência de 1,42MWp (megawatts-pico), que são produzidos por cerca de 6 mil módulos fotovoltaicos. Toda a energia gerada ali — com capacidade para suprir cerca de 900 residências anualmente — é injetada na rede de distribuição da CEMIG para ser comercializada.

Mané Garrincha
No centro político do país, em Brasília, o Estádio Mané Garrincha conta com uma usina de 15 mil metros quadrados com capacidade de geração de energia para 60 mil residências em um ano.

Maracanã
O mais famoso estádio brasileiro e um dos principais símbolos do futebol mundial, o Maracanã, no Rio de Janeiro, também possui um sistema de geração de energia fotovoltaica instalado em sua cobertura. Os módulos ocupam cerca de 2.400 metros quadrados e abastecem uma usina com potência de 400kWp, capaz de alimentar 240 residências. Cerca de 2.500 toneladas de CO2 seriam lançadas na atmosfera para gerar a mesma quantidade de energia utilizando uma termelétrica. A energia gerada no Maracanã é comercializada pela Light, que assumiu o gerenciamento e a manutenção do sistema.

Pituaçu
Primeira capital do Brasil e cidade consagrada pelo Carnaval, pela hospitalidade do povo e por suas belezas naturais, Salvador, na Bahia, também pode ser reconhecida como a primeira cidade brasileira a possuir um estádio solar. O Pituaçu tem capacidade de geração de 400kWp.

Arena Pernambuco
Em Recife, quase 4 mil painéis instalados na cobertura da belíssima Arena Pernambuco geram 1 MWp de eletricidade, o suficiente para abastecer cerca de 6 mil habitantes.